O Ministério da Saúde, ao identificar um grande número de reclamações dos usuários de hospitais de todo o país, elaborou um Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar (PNHAH).

O objetivo deste Programa é promover uma mudança de cultura no atendimento de saúde no Brasil. Aprimorando as relações entre profissional de saúde e usuário, dos profissionais entre si, e do hospital com a comunidade.

Uma das ações do Programa é a criação de Grupos de Trabalho de Humanização em cada um dos hospitais.

O Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen conta desde 2003 com o trabalho do Grupo de Humanização Hospitalar. Os integrantes são representantes de diferentes categorias profissionais que têm o objetivo de empreender uma política institucional de resgate da humanização na assistência à saúde.

Entre as tarefas do grupo estão: difundir os benefícios da assistência humanizada, pesquisar os pontos críticos de funcionamento da instituição, propor mudanças que possam beneficiar os usuários e profissionais de saúde e melhorar a comunicação e a integração do hospital com a comunidade.

Marieta na Comunidade

Um dos principais projetos desenvolvidos pelo Grupo de Humanização é o “Marieta na Comunidade”. O objetivo do projeto é informar a comunidade sobre prevenção de doenças e apresentar à população informações referentes ao funcionamento do Hospital, esclarecendo dúvidas que possam facilitar e agilizar o serviço prestado.

O projeto é realizado em parceria com Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura Municipal de Itajaí e as reuniões acontecem nos Centros de Referência de Assistência Social.